domingo, 12 de maio de 2013

“ROSTO, QUE HORROR,


é naturalmente paisagem lunar, com seus poros, suas espessuras desiguais, suas partes obscuras, seus brilhos, suas brancuras e seus buracos: não há necessidade de fazer dela um close para torná-la inumana, ela é close naturalmente, e naturalmente inumana, monstruosa cogula.”.
 
Deleuze & Guattari / Platô - Ano Zero: Rostidade / pág. 61




Nenhum comentário: