domingo, 14 de junho de 2015

REGIME_DE_SIGNOS

Signos que remetem a outros signos ao infinito criando um circulo em torno da "culpa" como núcleo. Vários círculos se formam dentro do círculo e a "trama" social está formada. Tudo que escape ao seu "regime" de signos será descartado para margem ou deserto. A "liberdade" será então um signo que significará "ser livre", mas como pura estética e nunca como realidade. É nesse sentido que Lacan vai dizer que o "real" é impossível porque vivemos dentro de um "regime de signos" que nos "significam" como pessoas em sociedade. Alguém em plena consciência gostaria de deixar de ser "alguém" na sociedade? Não. Então se cria no meio dessa comunicação a "corrupção" onde "abusos de poder" será a moeda para se querer está "significado", "enquadrado", dentro da sociedade. Aquele que ousar sair dessa "caverna" e adquirir a "liberdade" do "regime de signos" será excluído do grupo a que pertence, visto que será preciso copiar e não criar novos "signos" para poder ser aceito. Um mundo medíocre e produzido através desse regime que inconscientemente insistimos em propagar - até chegar a "esquizoanálise".

Nenhum comentário: