quinta-feira, 19 de maio de 2016

PSICOLOGIA É.....

Consciência ótica.
Temos que fazer por nós mesmos percebendo que "metapsicologia" não é "psicologia".
Que a Psicologia veio antes da Psicanálise.
Redescobrindo a Psicologia com a Gestalt, percebi que Psicologia é PERCEPÇÃO.
Psicologia é fazer configurações da realidade até surgir o "todo" que irá ampliar o campo de percepção de si mesmo e dos outros.
Psicologia é perceber que a "dicotomia" entre mente e corpo é uma ilusão uma vez que os opostos tendem a se unir num grande "todo".
Psicologia também é RESPIRAÇÃO, sendo o ato de respirar uma configuração entre mente e corpo.
Dessas percepções surgiram psicologias "pós freudianas" com Reich e Jung que seguiram suas configurações infinitas até alcançar a consciência cósmica e nos beneficiar com a máxima filosófica: "o que está em cima é o mesmo que está embaixo".
Isso é Psicologia: perceber que a realidade é feita de "partes" (opostos) que compõem um grande "todo" (união), sendo essas "partes" ilusões.
Mas nossa formação de base no Brasil insiste em arrastar a Psicologia para o sarcófago da Metapsicologia.
O quê fazer então?
Separar "o joio do trigo" para poder enxergar a diferença radical que há entre Psicologia e Psicanálise, escolhendo com qual das duas atuar dentro e fora da clínica. 
Sendo a Psicologia uma ciência empírica e a Psicanálise uma ciência metafísica


Nenhum comentário: