sábado, 25 de fevereiro de 2017

LAVANDO OS SÍMBOLOS E COLOCANDO-OS NO DEVIDO LUGAR

O Caminho que leva à Verdade é a Natureza e a sua união com o homem é a nossa Verdade Absoluta. A Verdade desperta no homem a inteligência e o amor cujo sentimento é representado pelo Sol. A coroa que paira sobre nossas cabeças. Um Cristo de luz. A luz de Deus que trazemos quando caímos na sombra, quando nascemos. Sombra que se inflama de amor pela luz que emana do homem fazendo-o desperta para o esplendor da vida por conhecer, se reconhecer e amar a sombra, libertando-se na imortalidade da alma. Homem e Mulher são um só. A natureza não é destrutiva e competitiva é cíclica. O homem carrega a luz que nenhum outro animal possui. Dessa forma o homem encontra-se acima da natureza, mas seria burrice usar essa luz para dominá-la. Sabedoria é usar essa luz para iluminá-la. A Natureza não destrói nem compete com o homem sábio e a partir dos seus deveres para com ela tem-se abundância. Todas as criaturas da terra baixam a cabeça para o filho de Deus, diz as escrituras sagradas. A ciência matou Deus, depois o encontrou na teoria da relatividade de Einstein, não falou pra ninguém e apropriou-se dele. A ciência está a brincar de Deus, não podendo mais negá-lo. Tecnologias fabricam espíritos: falso Sol. Quando se percebe que somos um só, anula-se a subjetividade, preenche-se o vazio criado pela dualidade: homem/natureza; homem/mulher, bem/mal. Deixamos de ser subjetividade para sermos objetividade. Subjetivo está para dualidade assim como Objetivo está para unidade. Subjetividades precisam que digam o que "devem" fazer, objetividades sabem o que devem fazer. Somos Andróginos, unos, objetivos. Cada Andrógino tem sua personalidade e, como são objetivos, não competem entre si e nem obedecem a deveres de falsos sois, apenas amam! Essa falsa percepção de que somos diferentes, diferentes em tudo, é a causa de toda a discórdia do mundo. Chega dessa história de que não existe Verdade e sim Verdades. A Verdade é que todos nós nascemos de um homem e de uma mulher, portanto somos Andróginos. Cada ser humano tem sua característica particular dentro da lei Andrógina de Deus.

Nenhum comentário: